18 janeiro, 2017

Edição de férias...



Quarta...

Pois é férias tem destas coisas, receita na quarta.

Espetinho de frango
Ingredientes:

200 g de peito de frango em cubos
1 colher de sopa de amido de milho
1 e meia colher de sopa de açúcar
2 colheres de sopa de vinagre
4 colheres (sopa) de catchup
Sal
Pimenta do reino branca moída
Páprica doce em pó
10 ml de cerveja pilsen
½ colher de sopa de mel
1 colher de chá de gergelim
Preparo:
Tempere os cubos de frango com sal, pimenta e páprica a gosto, acrescente a cerveja, deixe marinar por 10 minutos.
Em uma panela pequena, misture o amido de milho com o açúcar, o vinagre e o catchup e misture.
Cozinhe em fogo baixo até engrossar.
Retire e reserve.
Em um espeto de madeira para churrasco monte espetinhos com três cubos de frango e quebre o excedente do palito.
Asse os espetos na brasa, na air fryer, onde preferir.
Após assados, passe delicadamente um pouco de mel sobre os cubos de frango.
Polvilhe gergelim.
Sirva com o molho agridoce.

01 janeiro, 2017

2017...



Domingo...

Chegamos a 2017 e? Nada, absolutamente nada...
Nada mudará se não lutarmos por esta mudança, sem planejamento estratégico e financeiro não se chega a lugar algum.
Na real, não posso reclamar de 2016, não posso dizer que foi perfeito, mas passou longe de ser ruim, afinal não dependo, nem sou, ou fui apaniguado de governo algum.
Portanto amigos (as) façamos este novo ano melhor que o anterior e pior que o próximo, aliás, já possuímos metas traçada pra 2018.
A partir de amanhã já estaremos realizando metas para este ano, uma delas já cumprida (nossa filha mais nova já é universitária aos 17 anos).
Sei que estou sendo pedante, mais às vezes se faz necessário.

Feliz 2017!

25 dezembro, 2016

Perspectivas...



Domingo...

É férias tem destas coisas, cá estou a postar.

Já escrevi por ai que ao invés das retrospectivas deveríamos ter as perspectivas, pois o futuro breve é o que interessa, sem desmerecer o passado, que dever servir de lição para não repetirmos erros, como a eleição de petitas e seus derivados.

Que 2017 deverá ser melhor que 16 não há muitas dívidas, mas cabe a nós fazermos parte disto, meio na linha da fala do JFK “Não pergunte o que seu país pode fazer por você. Pergunte o que você pode fazer por seu país.”, ou por sua cidade, pois a lição começa em casa.

Fiscalizem, cobrem de seu prefeito, vereadores as promessas de campanha, as prestações de contas, só a assim conseguiremos diminuir a corrupção, eu é endêmica, mas pode e deve ser combatida.

Portanto façamos nossa parte, participemos de conselho de moradores, associações de bairros, etc.

E antes que esqueça; FELIZ NATAL!

23 dezembro, 2016

Sexta...

Uma bela sobremesa para as ceias de final de ano.

Torta mousse de chocolate
Ingredientes:
200 gramas de biscoito de maisena
1 colher de sopa de açúcar
6 colheres  de sopa de chocolate em pó
150 gramas de manteiga
300 gramas de chocolate meio amargo
200 gramas de creme de leite
3 claras em neve
1 colher de sopa de rum
Preparo:
Em uma tigela, triture os biscoitos, adicione o açúcar, o chocolate em pó e a manteiga.
Misture tudo com as mãos até obter uma massa maleável e uniforme.
Forre com essa massa o fundo de uma forma de aro removível com 20 cm de diâmetro. Reserve.
Leve o chocolate ao fogo em banho-maria, acrescente o creme de leite e o rum e mexa até incorporar bem todos os ingredientes.
Incorpore as claras em neve delicadamente a mistura de chocolate.
Coloque o creme obtido sobre a base e leve a geladeira de um dia para o outro.


Que tenhamos um bom Natal.

19 dezembro, 2016

Lambança..

Segunda...

No jornal local de hoje há uma crônica com o singelo nome de “Lembranças” que me remeteu a outra palavra muito presente nesta administração feudal em curso, “lambança”.

Aliás, esta é uma marca desta administração, ou melhor, é o estilo da mesma, sendo a incompetência o motivo gerador que espalhou-se de forma endêmica por praticamente todas as áreas.

A exceção é a Educação, a única que entra alcaide, sai alcaide, pois pior que seja a administração, sendo as três últimas as piores da história de Elliv Nioj, está estruturada para seguir realizando um belo trabalho.

Quero, também, destacar os abnegados funcionários do sistema de saúde, mesmo com as péssimas condições de trabalho, com a falta de pessoal, de insumos, de apoio, doam a melhor de si para fazer o sistema funcionar, mesmo que a passos de tartaruga devida à falta de estrutura.

Pior é saber que o futuro não é nada alvissareiro, pois nada mudará, continuaremos a ter mais do mesmo com requintes de inferno astral.

Assim caminha a mediocridade...

PS: Estaremos de férias, assim sendo, as notícias de Eliiv Nioj retornam no ano que vem ou em boletim extraordinários de algum outro feudo deste vasto mundo.

Não esquecendo que esta é uma obra de ficção, qualquer semelhança com a vida rela será mera coincidência.

16 dezembro, 2016

Sexta...

Seguindo a saga das receitas que pode estar na mesa neste final de ano e fogem do tradicional temos uma quiche diferente.

Quiche de bacon*
Ingredientes:
250 g de bacon picado
3 ovos
500 ml litro de leite
100 g de farinha de trigo
100 g de parmesão ralado
100 g de gruyère ralado
Sal
Pimenta do reino branca moída
Noz moscada ralada
Preparo:
Em uma vasilha funda, misture os ovos com a farinha; adicione os queijos e tempere com sal, pimenta e noz moscada.
Acrescente o leite aos poucos, misturando bem.
Frite o bacon, escorra e adicione a mistura.
Unte e enfarinhe uma redonda de bolo e acomode esta mistura na mesma.
Leve ao forno a 210ºC por 30 minutos .
Sirva quente ou a temperatura ambiente.
* Sem massa folhada.

Bom final de semana.