19 dezembro, 2014

Sexta...

Fazer uma receita para o Natal necessita de um certo “carinho”, aquele que só quem gosta de cozinhar entende, que transmite amor a comida.
A receita de hoje é uma boa dica para quem está em busca de algo diferente, não necessariamente inovador, para a ceia natalina, sair da “mesmice”, da zona de conforto faz bem, até na culinária. Ou não?
Mas chega de “enrolação”, vamos à receita.

Cuzcuz de Frango
Ingredientes:
2 dentes de alho picados
1 cebola picada
4 tomates sem pele picados
250 ml de azeite
2 cubos de caldo de galinha
1 litro de água
700 g de frango cozido e desfiado
1 folha de louro
1 colher de sopa de sal
1 pimenta vermelha picada
100 g de azeitonas verdes picadas
1/4 xícara  de chá de cebolinha verde
3 colheres de sopa de farinha de mandioca torrada
500 g de farinha de milho
3 ovos cozidos fatiados
1 vidro pequeno de palmito fatiado
1 lata de ervilha escorrida
Ervilhas e azeitonas para decorar
Preparo:
Refogue o alho, a cebola e o tomate no óleo.
Junte o caldo de galinha, a água, o frango e deixe ferver.
Adicione o louro, o sal, a pimenta, a azeitona e a cebolinha.
Polvilhe as farinhas e mexa até engrossar, mas sem ficar duro.
Decore o fundo e a lateral de uma fôrma com os ovos, o palmito e a azeitona.
Coloque uma camada de cuscuz, cubra com palmito e ervilhas.
Coloque o restante do cuscuz e deixe esfriar.
Vire sobre um prato e decore com ervilha.


Bom final de semana.

17 dezembro, 2014

Quarta...

Palavra do dia: Imprudência - Ato de agir perigosamente, com falta de moderação ou precaução.
Muito tem se falado das mortes no trânsito, da falta de manutenção e/ou duplicação de ruas, avenidas e rodovias, até mesmo da falta de sinalização, que podem gerar acidentes, o que é verdadeiro.
Porém não deixemos nos iludir, a maioria dos acidentes de trânsito ocorrem por desrespeito às leis e pelo excesso de confiança, não respeitar o limite de velocidade, dirigir após consumir álcool, ultrapassar em faixa contínua, não respeitar a sinalização, dirigir falando ao celular, atravessar a rua sem olhar, não respeitar o sinal de pedestre, andar de bicicleta na contramão, são alguns exemplos de imprudências constantes.
A pior de todas, que é gerada pelo excesso de confiança, o “achar que dá”, geralmente “não dá”, ai é tarde, uma fração de segundo é suficiente pra um estrago enorme.
Escrevo sobre isto por esta época ser propicia a estas “tragédias”, grande parte de nós tem, ou melhor, teve alguém que partiu assim e deixou a saudade.
Claro que isto não acontece só no trânsito e nem sempre acabe em óbito, mas evitar não custa, não dói e é extremamente inteligente. Ou não?

***

Sinceramente, embora acredite que nada é por acaso e que ninguém passa por onde não tem que passar, não consigo entender o ocorrido no Paquistão.

16 dezembro, 2014

Terça...

Está tudo muito corrido, mas vamos lá.
Embora atrasado, não esqueci da nossa querida Elliv Nioj, onde tempo passa de maneira diferente, mas lento, morosamente, principalmente no cumprimento do dever, pois no de cobrar os direitos o tempo passa voando.
Por exemplo, tem uma ampliação de posto de saúde que começou em janeiro este ano e era para ser entregue em junho, a placa tá lá, o posto tá fechado, e os aldeões que se virem.
São inúmeras obras não entregues ou entregues pela metade comemorados como grandes obras, até sinalização de rua é inaugurada.
Ah! O carnê do IPTU já chegou, presente da Natal.
Assim caminha a humanidade...

12 dezembro, 2014

Sexta...

Hoje temos uma bela combinação entre frango e azeitonas.

Filé de frango com molho de azeitona
Ingredientes:
1 cubo de caldo de galinha
2 colheres de sopa de azeite
600 g de filés peito de frango (médios)
2 colheres de sopa de manteiga
1 cebola pequena picada
2 xícaras de chá de leite
3 colheres de sopa de amido de milho
1 xícara de chá de cebolinha verde
½ xícara de chá de vinho branco seco
Sal a gosto
6 azeitonas pretas picadas
Preparo:
Em uma tigela pequena, coloque o cubo de caldo de galinha e o azeite.
Amasse o cubo com a ponta de uma colher e misture até formar uma pasta homogênea.
Passe a pasta pelos dois lados dos filés e reserve.
Aqueça uma frigideira grande (18 cm de diâmetro) e coloque os filés aos pouco.
Deixe-os até dourar de ambos os lados.
Reserve em local aquecido.
Em uma panela média, derreta a manteiga e refogue a cebola. Reserve.
Bata no liquidificador o leite, o amido de milho e a cebolinha por 2 minutos.
Junte ao refogado reservado, acrescente o vinho e o sal.
Misture e cozinhe em fogo médio, mexendo sempre, até ferver e engrossar.
Junte as azeitonas.
Sirva colocando os filés reservados em uma travessa com o molho por cima.

Bom final de semana.

11 dezembro, 2014

10 dezembro, 2014

Quarta...

Realizei vários contatos solicitando vários orçamentos, pela rapidez com que tenho sido atendido creio que como estamos no "finalmente" do ano temos uma nova epidemia:


09 dezembro, 2014

Terça...

Palavra do dia: Imbecil.
Definição: adj. Desprovido de inteligência; que é tolo ou idiota.
Sugiro que seja incluída a palavra “pichador” a este definição, pessoas mais “sem noção” não conheço. Não respeitam propriedades privadas nem públicas com “obras” de péssimo gosto e de total falta de qualidade, muito diferente dos grafiteiros, aliás, é bom não confundir, nem generalizar.
Pichador é o cara que vê o tapume de uma obra com cartazes avisando que o dinheiro economizado na manutenção do mesmo será doado para instituições de caridade e picham o cartaz.
Outra palavra que deve ser incluída é depredador, que possui a inteligência de uma ameba (sem querer ofender as amebas), que esquece que quando destrói o bem público que ajuda o pagar o conserto é ele, ou o gênio não sabe que o dinheiro público vem da arrecadação dos impostos que ele paga.

E por último, mas não menos importante, acrescentar a expressão “roubo de dinheiro público”, que é de uma imbelicidade impar, pois além de prejudicar inúmeras pessoas, usando a lógica do depredador, rouba a si mesmo, embora não tenha a menor vergonha disso. E tem gente que ainda votas neles...

08 dezembro, 2014

Segunda...

No último sábado fomos a um encerramento de uma escola de dança de Elliv Nioj, fomos com a esperança de ver, como em anos anteriores, um belo espetáculo.
Qual não foi nossa surpresa, a incompetência da administração do feudo já contaminou a organização do evento. Explico.
Em anos anteriores as apresentações eram separadas por idade, por exemplo, até 14 anos e maiores de 14 anos, desta forma escolhíamos a categoria que gostaríamos de assistir, assim o espetáculo não se tornava cansativo e em certos momentos enfadonho.
Três horas de espetáculo, sendo que mais da metade com apresentações infantis, com um nível de qualidade que só interessa aos pais e parentes das crianças, enquanto de aguarda pelos verdadeiros bailarinos, que, a bem da verdade, foram muito bem, salvaram a noite, é de um desrespeito ao público que “grita aos olhos”.
O que nos deixa claro que quando o alcaide não mostra competência e, além disso, despreza a meritocracia, a desorganização se espalha como uma epidemia e, como toda epidemia depois de instalada, torna-se difícil de ser removida.

Assim caminha a mediocridade...

05 dezembro, 2014

Sexta...

A receita de hoje é da torta que minha esposa fez para nós na quarta, no mesmo estilo das receitas salgadas, o fácil que impressiona.

Torta Danone
Ingredientes:
Massa:
250 g de bolacha maisena
75 g de manteiga amolecida
Recheio:
1 lata de leite condensado
1 caixinha de creme de leite
1 pacote de tang de morango
1 pote de iogurte natural sem sabor
Cobertura:
100 g de chocolate branco
1 caixinha de creme de leite
Preparo:
Massa:
Triture a bolacha no liquidificador.
Retire do liquidificador e acrescente a manteiga
Misture bem, depois, em uma forma de fundo falso (tamanho médio), coloque a massa apertando bem no fundo e nas laterais.
Leve ao forno já preaquecido (180º) por 10 min.
Retire e coloque na geladeira por 10 min.
Recheio:
No liquidificador misture todos os ingredientes, batendo bem.
Despeje sobre a massa e alise com uma colher.
Distribua os morangos sobre a mistura.
Leve à geladeira por 20 min.
Cobertura:
Derreta no microondas (1 min) ou em banho-maria o chocolate, depois acrescente o creme de leite.
Despeje delicadamente sobre a torta e leve para gelar por mais ou menos 1 h, desenforme com cuidado.
Pronto, é só servir.


Bom final de semana.